novidades e outras coisas

Posts tagged ‘tecnologia’

” a mutação radical que ocorreu na nossa relação com o tempo”

Habituados que estamos, por um lado a viver como se a velocidade por si só desse sentido à vida e, por outro lado, a associar a aceleração com a intensidade, é cada vez mais comum reagirmos com ansiedade a qualquer vislumbre de lentidão e identificarmos a mais pequena desaceleração com uma assustadora ameaça de tédio.

Como se, quando finalmente há tempo, faltasse a paciência ? (M.M. Carrilho in DN)

novas tecnologias e a inteligência de sempre

Todos sabem que um livro tanto dá para ler no campo como na praia. Ninguém ia acreditar que o tabuleiro de Xadrez que comprou é incompatível com as Damas. Mas se o leitor de DVDs não dá para ver o filme comprado em Macau ou se o iPad só corre programas comprados no iTunes encolhem os ombros e pensam que tem de ser mesmo assim. Mas não tem. É aldrabice. (in Que Treta!)

futuro anacrónico

El pensamiento posado y reposado sobre el papel tiene determinados componentes de presencia que no pueden sustituirse fácilmente. (Emilio Lledó in el país)

A existência física dum texto seguro pelos dedos, a presença do livro no espaço da sala que nos chama a pensar nos assuntos lidos, as marcas do tempo e do leitor, bem podem ter um interese marginal, senão mesmo ridículo, para quem não tem hábitos de leitura.

 Possivelmente, o livro editado a papel voltará a ser um objecto caro, porque destinado a uma minoria. Áqueles gourmets que saboreiam a textura do papel enquanto deglutem uma ideia especiosa, uma frase bem condimentada.

E surgirá a moda das leituras em grupo, a serem partilhadas ao ritmo do tempo com que a vida enche o mundo de novidades e acontecimentos. Escrever passará a ser um exercício de estilo e sensibilidade, em rascunhos à mão e a lápis, num primeiro tempo e para não perder a inspiração; depois, um esforço de criatividade e inteligência. Possivelmente, surgirão espaços públicos com mesas e cadeiras onde se servirão cafés para que as pessoas possam ler, escrever e conversar…sem pressa. Com todo o prazer. E lojas de rua onde livros serão acumulados em estantes imensas num labirinto cujo sentido só o cliente apaixonado poderá descobrir.

“this stuff is changing our lives”

Peterson has one recommendation: Read science fiction, especially “hard science fiction” that sticks rigorously to the scientifically possible. “If you look out into the long-term future and what you see looks like science fiction, it might be wrong,” she says. “But if it doesn’t look like science fiction, it’s definitely wrong.” (in Washington Post)

Nuvem de etiquetas

%d bloggers like this: