novidades e outras coisas

Archive for Junho, 2012

“o soro da vida que mata a dor”

Anúncios

PortoGrafia

“Pode vir a ser assim…”

Portugal, o país de todas as inflexibilidades, consegue ser incrivelmente rápido e flexível quando se trata de corrigir à bruta os seus desequilíbrios económicos. Foi assim em 1978. Foi assim em 1983. Pode vir a ser assim em 2013.

Eu sei que esta conversa parece desfasada de tudo aquilo que se escuta à nossa volta. Soa a propaganda ao governo, certo? Mas não: porque quem tem sido extraordinário ao longo do último ano não é o Governo. O Estado continua gordo que nem um texugo e a alimentar–se dos nossos impostos. Extraordinárias têm sido as empresas exportadoras, com uma dinâmica incrível. E extraordinário tem sido você, caro leitor, que cerrou os dentes, aguentou o embate e não foi partir montras para a rua. (João Miguel Tavares in CM)

Extraordinário? Certamente, e não tanto por uma particular qualidade da idiossincrasia nacional, tipo “desenrascanço”, nem por espírito aventureiro, empreendedor ou outro chavão característico. Talvez, antes, por uma combinação de fatalismo com adaptabilidade (outros dois chavões). O que não é, propriamente, uma promessa de mudança.

“Estranho. Acabei de ter a mais estranha sensação de que iria sentir como se já tivesse tido esta sensação antes.” Premonição de “déjà vu”

Nuvem de etiquetas

%d bloggers like this: