novidades e outras coisas

Bem pode ser que uma imagem valha por mil palavras, mas não as dispensa: códigos ocultos à parte, a emoção e perplexidade concentrada numa imagem gera pretexto para todo comentário. Frequentemente, faz apelo a estórias e leituras que sugerem um contexto.

Assim sendo, fica estranho o entendimento expresso na cotação da palavra associada ao valor da prata, quando o silêncio atinge o valor do ouro. O que está subentendido é o valor superior da inteligência, ficando por acrescentar que não há inteligência sem partilha. E a partilha é expressão visual, escrita, verbal, corporal…

Curiosamente, há quem cobre pelas palavras o valor literal e há quem delas retire sentidos fora de texto, principalmente quando estas emanam dum autor tido por sagrado (ou divino). A História é pródiga de polémicas, guerras e massacres por causa das palavras e das imagens.

Numa época de textos e imagens “virais” em processo vertiginoso de canibalização, parasitismo, mutação ou fecundação, tanto se fazem leituras literais de qualquer montagem publicitária quanto se atribuem significados às mais singelas e banais expressões espontâneas (como se pode ver diariamente nas polémicas à volta das figuras mediáticas).

No mercado das cotações, um fenómeno de comunicação assim está abaixo do ouro e da prata, até mesmo do níquel e do latão: é escória, mesmo. Mas gera lucros fabulosos. Paradoxo tecnológico?

"É um bocado estranho com esta tecnologia sem fios."

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

Nuvem de etiquetas

%d bloggers like this: