novidades e outras coisas

Bem pode ser que uma imagem valha por mil palavras, mas não as dispensa: códigos ocultos à parte, a emoção e perplexidade concentrada numa imagem gera pretexto para todo comentário. Frequentemente, faz apelo a estórias e leituras que sugerem um contexto.

Assim sendo, fica estranho o entendimento expresso na cotação da palavra associada ao valor da prata, quando o silêncio atinge o valor do ouro. O que está subentendido é o valor superior da inteligência, ficando por acrescentar que não há inteligência sem partilha. E a partilha é expressão visual, escrita, verbal, corporal…

Curiosamente, há quem cobre pelas palavras o valor literal e há quem delas retire sentidos fora de texto, principalmente quando estas emanam dum autor tido por sagrado (ou divino). A História é pródiga de polémicas, guerras e massacres por causa das palavras e das imagens.

Numa época de textos e imagens “virais” em processo vertiginoso de canibalização, parasitismo, mutação ou fecundação, tanto se fazem leituras literais de qualquer montagem publicitária quanto se atribuem significados às mais singelas e banais expressões espontâneas (como se pode ver diariamente nas polémicas à volta das figuras mediáticas).

No mercado das cotações, um fenómeno de comunicação assim está abaixo do ouro e da prata, até mesmo do níquel e do latão: é escória, mesmo. Mas gera lucros fabulosos. Paradoxo tecnológico?

"É um bocado estranho com esta tecnologia sem fios."

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

Nuvem de etiquetas

%d bloggers like this: