novidades e outras coisas

Uma reportagem inédita num país sem novidades:

[Guillermo Fariñas] incluso, dice que no quiere irse para ninguna parte —pese a que le han hecho, según refiere— propuestas para llevarlo al extranjero. Sin embargo, afirma que no se va porque aquí está la gente que le ha salvado la vida. Él confía en nuestra medicina. (Armando Caballero, chefe dos Serviços de Terapia Intensiva do Hospital Universitario Arnaldo Milián Castro, onde Guillermo Fariñas prossegue a sua greve de fome há 120 dias in Granma)

 Alicia Hernández, a mãe de Fariñas, interpretou esta publicação sem precedentes na história do Granma como uma tentativa do Governo de “fugir às responsabilidades” face ao estado crítico a que chegou o opositor ao regime. (…) O artigo dizia que Fariñas se recusava a comer, mas não dizia o motivo pelo qual o fazia – exige a libertação de 26 dissidentes doentes. (in Publico, sublinhado meu)

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

Nuvem de etiquetas

%d bloggers like this: