novidades e outras coisas

Também sdwf15-462526.jpgou dos que acham as eleições americanas algo semelhante à escolha do futuro presidente planetário, assim como o processo eleitoral americano me parece uma coisa extraordinária cheia de qualidades e defeitos. E tenho, obviamente, minhas preferências e antipatias.

Daí a fazer campanha eleitoral para portugueses por um candidato à presidência dos Estados Unidos, vai um passo demasiado largo para minhas curtas pernas.

Podia dizer que não faz sentido, não tem eficácia prática ou que ser presidente americano no sec.XXI deixará de ter a relevância que teve a partir dos anos 40 do século passado.

Podia, mas não digo. Afinal, é sempre estimulante polemizar aberta e inconsequentemente sobre as realidades que nos transcendem e, enquanto se fala dessas coisas, esquecem-se outras cujas consequências acabamos sempre por sofrer, apesar de haver um tempo em que podemos, senão evita-las de todo, amenizar o seu impacto. No fim, ficamos todos agradecidos por este amável interlúdio: os governos porque foram menos incomodados, as oposições porque disfarçam melhor sua inoperância, os cidadãos em geral porque se poupam aos riscos de agir e se expor, quando depois de tudo decidido e tornado inevitável, há sempre tempo para criticar, lamuriar e continuar a vida assim-assim.

A bem dizer, o futebol já faz isso o ano inteiro, todos os anos. E os escândalos fulgurantes, os crimes de sangue e sexo ou as pequenas grandes tragédias que só acontecem aos outros…

Porque a razão do meu silêncio quanto à minha opção de voto para as presidênciais americanas é muito comezinha. É que por ter visto tanto filme, tanta série americana, sobre candidatos a candidato, canditatos a presidente e presidentes em exercício, fiquei atrofiado a esta dicotomia de raciocínios: se são bons, mesmo bons, acabam por ser assassinados ou forçados a se “encaixarem” no sistema; se forem maus, medíocres, sacripantas até, acontece-lhes o mesmo (com a diferença de, em vez de assassinados, serem “convencidos” a afastar-se da “corrida” ou serem destituídos depois de lá chegarem).    

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

Nuvem de etiquetas

%d bloggers like this: